Serra do Roncador, misticismo e mistério no interior do Brasil

14 de dezembro de 20120 comentários

serra-do-roncadorQuando pensamos em inscrições em pedra, monumentos megalíticos, fenômenos ufológicos, objetos OOPARTs, abduções e tantos outros fenômenos do insólito, geralmente pensamos em casos famosos de outros países e outras culturas. Mas conforme o Rama na Vimana vem mostrando ao longo destes anos, o Brasil também está repleto de sítios arqueológicos curiosos, envolvidos em histórias misteriosas que não foram muito bem estudadas, por falta de interesse governamental, de verba, ou ainda porque não se conseguiu oferecer uma explicação plausível dentro do campo da ciência convencional. A Serra do Roncador, no Mato Grosso, reúne algumas dessas características fantásticas, cravada no Alto Xingu, numa área de aproximadamente mil quilômetros quadrados repletos de fenômenos estranhos, onde as lendas e os mistérios povoam a imaginação dos estudiosos.


Visualizar Serra do Roncador - Mato Grosso em um mapa maior

A lagoa Miararé

lagoa-encantadaSomente a partir de meados dos anos 70 começou a haver algum interesse em pesquisar a região. Descobriu-se então que os índios do Xingu consideram a lagoa em frente a uma caverna inexplorada um local perigoso, proibido, cujo acesso somente os pajés mais poderosos podem ter. A Lagoa Miararé, também chamada Lagoa Encantada, é profunda e abundante de água, e apesar disso, não contém nenhuma forma de vida. Segundo o pesquisador Gilberto Schoereder, objetos estranhos aos indígenas, como utensílios de metal com inscrições desconhecidas já foram descobertos no local.

O Monastério Teúrgico do Roncador

udo lucknerLiderados pelo hierofante Udo Oscar Luckner (imagem à direita), foi fundada na região uma sociedade mística denominada Monastério Teúrgico do Roncador. Segundo seus adeptos, a Serra é forte ponto de contato com extraterrestres e intraterrestres, com passagens subterrâneas secretas para o interior da Terra, onde viveriam seres inteligentes e sábios em contato com os de outros planetas.

O misterioso desaparecimento do Coronel Fawcett

PercyFawcettUm dos mistérios mais conhecidos que envolvem a Serra do Roncador diz respeito ao coronel inglês Percy Harrison Fawcett, (imagem à esquerda) que no começo do século XX esteve no Brasil diversas vezes. Colhendo informações com os indígenas por 14 anos e experiente explorador das selvas brasileiras, Fawcett estava em busca de uma cidade perdida na Serra do Roncador em 1925, que chamou de “Z”, quando desapareceu sem deixar rastros junto com seu filho e um amigo inglês. Até hoje especula-se sobre o que teria havido com o coronel inglês, sem que haja nenhuma conclusão sobre seu desaparecimento. Todas as expedições de busca ao coronel fracassaram e resultaram na morte de pelo menos 100 exploradores, com mais três expedições também desaparecidas.

Gruta dos Pezinhos, pegadas com dedos a mais do que o normal

gruta-dos-pezinhosLocalizada no Parque Estadual da Serra Azul, na mesma região da Serra do Roncador, a gruta apresenta pegadas com dedos a mais e a menos do que se espera. O acesso é restringido pela Aeronáutica, mas até agora não se tem uma explicação para as pegadas estranhas que aparecem até no teto da gruta.

Este é apenas um pequeno apanhado de todos os mistérios que rondam essa região mística no ponto central da América do Sul. A exploração deste fantástico sítio arqueológico depende dos esforços individuais e do trabalho corajoso de ilustres arqueólogos independentes como Orlando Villas-Boas, Peregrino Vidal e Silva Ramos. É chegado o momento da sociedade brasileira conhecer um pouco mais da sua terra, do seu passado, do legado que lhe pertence, para que possamos melhor conhecer nossa cultura não só como brasileiros, mas como humanos.

______________________

Fontes:

- Fonte: SCHOEREDER, Gilberto. Dicionário do Mundo Misterioso. Ed. Nova Era: Rio de Janeiro, 2002. p. 206; pp. 295-296

- http://www.cubbrasil.net/index.php?option=com_content&task=view&id=256&Itemid=87

Compartilhe esta postagem :

Postar um comentário

Seja bem vindo! Sinta-se à vontade para opinar, perguntar, concordar, discordar, criticar ou elogiar a postagem. Qualquer dúvida consulte nossos Termos de Uso
Dica: Para responder um comentário de outra pessoa, clique em "Resp.". Na janela que aparecer, não apague o código no espaço de comentário (parecido com: "@ NOME DA PESSOA"). Comece a sua resposta depois desse código.

 
Siga-nos: Facebook | Twitter | Google+
Copyright © 2010-2013. Rama na Vimana - Direitos Reservados | Licença Creative Commons |
Desenvolvido por Creating Website e customizado por Almir Ferreira
Proudly powered by Blogger
Pin It button on image hover